close

Newsletter

by pablo doe

I share on this Newsletter exclusive
photography tips and tutorials.

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form
Mercado

Tesla e SolarCity, a resposta para energia 100% renovável?

A energia solar fotovoltaica não para de crescer no mundo inteiro, mas até que ponto ela pode suprir nossa demanda por energia?

Por

Fernando Monteiro

14/2/2017

A energia solar fotovoltaica não para de crescer no mundo inteiro, mas até que ponto ela pode suprir nossa demanda por energia?

Essa pergunta é válida visto que é uma fonte intermitente, que só gera energia durante o dia e possui grandes variações ao longo do dia e ao longo do ano. Assim, como esse problema pode ser resolvido? Será que precisamos procurar por outra fonte de energia limpa?

A resposta para essa pergunta pode ser vista em um recente projeto desenvolvido em conjunto pela Tesla e SolarCity. A ilha isolada de Ta’u, na Samoa Americana, que dependia 100% de combustível Diesel para gerar eletricidade para seus 600 habitantes, agora pode desfrutar de energia 100% limpa e renovável. Tudo isso graças a um sistema fotovoltaico instalado pela SolarCity, acoplado a um grande banco de baterias da Tesla.

O Sistema possui mais de 5.000 painéis solares da SolarCity e 60 sistemas de armazenamento, Tesla Powerpack. Com uma potência pico de 1,4MW e uma capacidade de armazenar até 6MWh de energia, suprindo toda a demanda da ilha e energia para até 3 dias sem sol.

Com a solução adotada pela ilha, ela deixará de queimar cerca de 500.000 litros de óleo diesel por ano, diminuindo suas emissões de carbono. Além disso, a economia que o sistema irá proporcionar justifica o investimento, visto que a dificuldade de acesso à ilha, que fica a 6.500 km da costa da Califórnia, aumenta em muito o custo do combustível.

Assim, podemos ver que a solução para uma matriz energética 100% limpa e renovável já está aqui. No entanto, seu valor para a maioria dos locais (menos isolados do que a ilha de Ta’u) ainda não justifica o investimento.

Mas isso tudo pode mudar com a construção da Gigafactory da Tesla, que promete produzir mais baterias de íon-lítio do que a produção global em 2013, reduzindo seu custo em mais de 30%.

Podemos estar vendo a solução para o futuro da energia, ou como Peter Rive, co-fundador da SolarCity afirma:

“Ta’u não é um cartão-postal enviado do futuro, mas sim uma fotografia daquilo que já é possível fazer hoje em dia”.

 

...

INSCREVA-SE EM NOSSA LISTA DE E-MAILS

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form

Receba semanalmente nossas postagens