close

Newsletter

by pablo doe

I share on this Newsletter exclusive
photography tips and tutorials.

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form
Artigos

Energia solar é adotada em novos projetos no Nordeste e Centro-Oeste do Brasil

Por

Caio Rocha

25/10/2017

Na última semana, em Brasília, uma estação do metrô passou a ser totalmente abastecida por energia solar. O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, foi o responsável por acionar o sistema de captação de energia solar. Segundo ele, “Esse sistema vai significar economia de R$ 50 mil a R$ 60 mil por mês para o Metrô”.

Essa é a primeira estação desse tipo na América Latina, de acordo com o Metrô-DF. Apenas outras três cidades no mundo utilizam placas fotovoltaicas em estações de metrô: Milão, Nova Deli, e Nova Iorque.

A capacidade de geração de energia do sistema da estação é de 288 mil quilowatts/hora por ano, o equivalente ao consumo da própria estação da Ceilândia, e outras duas. Assim, o excedente de energia beneficiará todo o sistema metroviário da capital federal.

No Piauí, a energia solar fez o sul do estado ganhar em produção agrícola e qualidade de vida. As placas fotovoltaicas contribuem em dois sentidos: impulsionando indústrias relacionadas ao cultivo de soja; e melhorando a qualidade de vida da população do estado com uma energia limpa e de qualidade, no município de Bom Jesus.

Um Estudo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), por sua vez, indica que a entrada de energia solar na matriz energética brasileira, como uma complementação da matriz elétrica já existente, poderia gerar pelo menos R$ 2 bilhões de economia na conta de luz para a população.

“A inserção planejada da fonte solar fotovoltaica na matriz elétrica brasileira contribuiria significativamente para reduzir o acionamento das termelétricas fósseis mais onerosas ao país, diminuindo custos aos consumidores, reduzindo emissões de gases de efeito estufa e aliviando a pressão sobre os recursos hídricos na geração de energia elétrica. Simultaneamente, a medida promoveria a geração de empregos locais qualificados, proporcionando ganhos de renda para a população e contribuindo para a retomada da economia nacional” afirma Rodrigo Sauaia, presidente executivo da ABSOLAR.

Portanto, a energia solar parece se tornar cada vez mais forte como alternativa de fonte de energia em diversos âmbitos, tanto na esfera pública e governamental, quanto na iniciativa privada.

Fontes: 

https://www.agenciabrasilia.df.gov.br/2017/10/20/ceilandia-ganha-estacao-de-metro-totalmente-abastecida-por-energia-solar/

https://g1.globo.com/pi/piaui/piaui195anos/noticia/piaui-195-anos-cultivo-de-soja-mudou-a-vida-de-gauchos-no-sul-do-piaui.ghtml

https://www.ambienteenergia.com.br/index.php/2017/10/entrada-da-energia-solar-na-matriz-energetica-pode-gerar-r-2-bi-de-economia/32912

...

INSCREVA-SE EM NOSSA LISTA DE E-MAILS

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form

Receba semanalmente nossas postagens