close

Newsletter

by pablo doe

I share on this Newsletter exclusive
photography tips and tutorials.

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form
Inovação Tecnológica

Mais uma vez, a energia solar se mostra uma boa alternativa para as matrizes energéticas convencionais

Cientistas da universidade de Berkeley, na Califórnia desenvolveram um tipo de célula que, quando exposto à luz solar, é capaz de transformar água em hidrogênio, um combustível capaz de produzir mais energia que qualquer combustível fóssil, e que não gera novos gases poluentes quando queimado.

Por

Cintya Yeung

11/7/2017

Cientistas da universidade de Berkeley, na Califórnia desenvolveram um tipo de célula que, quando exposto à luz solar, é capaz de transformar água em hidrogênio, um combustível capaz de produzir mais energia que qualquer combustível fóssil, e que não gera novos gases poluentes quando queimado. Uma tecnologia capaz de revolucionar o uso dos combustíveis e fontes de energia!

 

O que acontece é que a célula capta as moléculas de água e separa em células e oxigênio e hidrogênio, isto em uma única etapa. Atualmente, o hidrogênio é obtido pelo processamento do gás natural, um combustível fóssil, que por isso é um recurso não renovável – ao contrário da água que é renovável por causa da chuva, por exemplo.

 

Porém, Engenheiros belgas conseguiram ir mais longe, e desenvolveram uma a célula que, movida energia solar, é capaz de transformar o ar poluído em hidrogênio. Neste caso, "Esses catalisadores são capazes de produzir gás hidrogênio e quebrar a poluição do ar. No passado, essas células foram usadas principalmente para extrair hidrogênio da água. Descobrimos agora que isso também é possível, e de forma ainda mais eficiente, com ar poluído," afirmou o professor Sammy Verbruggen, que desenvolveu a célula a combustível juntamente com seus colegas das universidades de Antuérpia e Lovaina.

O processo ocorre de forma semelhante à da captação de luz pelos painéis fotovoltaicos. A diferença é que a eletricidade não é gerada diretamente, como em uma célula solar. Enquanto purificam o ar, as reações também produzem energia, que é armazenada na forma de gás hidrogênio. Verbruggen explica, “Usamos um pequeno dispositivo com duas câmaras separadas por uma membrana. O ar é purificado de um lado, enquanto no outro lado é produzido gás hidrogênio a partir de uma parte dos produtos de degradação, que pode ser armazenado e usado posteriormente como combustível, como já está sendo feito em alguns ônibus a hidrogênio, por exemplo” .

 

Bibliografia:

VERBRUGGEN, Sammy W et. Al.  Inside Back Cover: Harvesting Hydrogen Gas from Air Pollutants with an Unbiased Gas Phase Photoelectrochemical Cell. ChemSusChem, Vol.: 10, Issue 7, Page 1640.

 

YANG, Peidong et. Al. TiO2/BiVO4 Nanowire Heterostructure Photoanodes Based on Type II Band Alignment. ACS Cent. Sci., 2016, 2 (2), pp 80–88.

https://ciberia.com.br/cientistas-criam-dispositivo-que-transforma-poluicao-em-hidrogenio-17829

...

INSCREVA-SE EM NOSSA LISTA DE E-MAILS

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form

Receba semanalmente nossas postagens